Resources

本简报说明重申了与性工作者主导组织进行有效合作和伙伴关系的原则和最佳实践。通过承认性工作者是专家,并有效纳入他们参与到影响他们生活的所有警务、项目、讨论和决策中,盟友可以在推动性工作者的人权和支持性工作者主导组织方面发挥关键作用。而当这些原则得不到维护时,盟友也会在有意和无意情况下破坏、隐身和排斥性工作者。

本简报说明提供了实际的例子,说明了这些行动的后果,并重申期望盟友促进强大和可持续伙伴关系。

您可以下载上面这个 4 页的资源。它有英语、法语、西班牙语、俄语和中文版本。

The Chinese government is arbitrarily detaining sex workers through a flawed government policy purportedly aimed at education and rehabilitation, Asia Catalyst said in a new report released in December 2013.

The report documents excessive use of force by police in the detention of female sex workers, as well as the women's subsequent incarceration in the little-known "Custody and Education (C&E)" system.

Download this resource:

Este trabalho é um relato da experiência vivenciada, juntamente às mulheres trabalhadoras do sexo de duas casas noturnas de São Carlos, durante a realização de uma atividade de extensão. Nessa atividade de extensão procurei discutir questões ligadas aos direitos humanos, aos direitos da mulher e questões de gênero. No primeiro item desse relatório Repensando o papel feminino, apresento o referencial teórico que utilizei para estudar a temática dos direitos humanos e das relações de gênero e para dar sustentação ao planejamento das atividades realizadas durante os encontros.

Download this resource:

Em 1998, no Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de São Carlos, um projeto com o título genérico de “Prevenção e Saúde” retomava um trabalho realizado em 1991 junto à profissionais do sexo de uma casa noturna de São Carlos. Comemoramos, neste ano de 2003, 5 anos de atividades. Como coordenadora do projeto e do grupo, retomo aqui, de forma bastante resumida, a história desse grupo, os resultados alcançados e os desafios que a ele se colocam.

Download this resource:

As mulheres profissionais do sexo (mps), usualmente denominadas como prostitutas, têm ocupado um lugar marginal e de destaque ao longo da história da humanidade (Roberts, 1998). Na história da prostituição, o que se vê é um ininterrupto esforço, bem sucedido, de controle e ao mesmo tempo exploração da prostituição, ora por parte do Estado, ora por parte da Igreja, ou ambos (Roberts, 1998). Ao colocá-las à margem e, sempre que possível, segregar as mps através de confinamento em casas, a intenção expressa pelos que assim agiam, era de colaborar para a proteção da família. Até recentemente, a maior parte dos programas de intervenção em saúde tratou as profissionais do sexo como potenciais vetores de doenças, especialmente da Aids, com ameaça à saúde dos homens e à segurança da família (MUSA, 2000). Este enfoque foi se deslocando e, atualmente, pelo menos em alguns programas, ele se volta para os riscos à que estão expostas essas mulheres, entre outros, os ocasionados por aqueles clientes que recusam o uso da camisinha, muitas vezes por meio de atitudes violentas.

Download this resource:

You can downlaod this 3 page resource above. This resource is in Portuguese.

Download this resource: